loading image

DIAGNÓSTICO TÉCNICO PARTICIPATIVO

O Diagnóstico Técnico Participativo é um jeito de estabelecer o retrato da cidade em que nós vivemos hoje, do jeitinho que ela é; situação que somente os moradores da cidade conhecem de verdade.

CENÁRIO ATUAL DE ÁGUA SEDE (CORUMBIARA)
Item Situação Atual
1 Bom controle operacional do sistema
2 Reservação adequada
3 Boa política salarial da CAERD
4 Boa micromedição
5 Adequado contingente de funcionários da CAERD
6 Sistema bem dimensionado
7 Regime intermitente (8Horas)
8 Rede bem pressurizada
9 Tradição agrícola do município
10 Queixas quanto a qualidade da água
11 Falta de macromedição
12 Assoreamento da captação
13 Problemas com destinação inadequada de efluentes da ETA
14 Falta de definição do modelo jurídico institucional da prestação de serviço
15 Falta de ligação de usuários na rede
16 Falta de canal de comunicação entre a CAERD e a população
17 Falta de monitoramento do corpo d´água
18 Perdas na distribuição do sistema
19 Falta de manutenção periódica na bomba reserva
20 Baixo índice de atendimento urbano
21 Perdas físicas no sistema
22 Falta definir quem vai operar o sistema
Cenário Atual – Corumbiara (Vitória da União)
Item Situação Atual
1 Sistema de abastecimento coletivo
2 SAC opera de forma deficiente
3 A ETA está com defeitos e não está operando
4 Manancial de captação desprotegido
5 Problemas frequentes com a bomba (intermitência do fornecimento de água)
6 Água de qualidade questionável (salobra)
7 Não há medição de água bruta coletada
8 SAI´s próximas de fossas negras
9 Falta definir quem vai regular o sistema
Cenário Atual – Corumbiara (água - Distrito Alto Guarajus)
Item Situação Atual
1 Sistema de abastecimento coletivo
2 SAC não possui ETA
3 Rede do SAC não atende a demanda atual
4 Poço artesiano utilizado para captação desprotegido
5 Problemas frequentes com a bomba (intermitência com o fornecimento de água)
6 Parte da população usa SAI
7 SAI´s próximos a fossas negras
8 Indefinição de quem vai operar o serviço
9 Falta de cobrança pelo serviço
Cenário Atual – Corumbiara (Esgoto Sanitário)
Item Situação Atual
1 Possui projeto em execução do SES
2 Presença de módulos sanitários individuais
3 Não existe sistema público de coleta de tratamento de esgotos
4 Sistema de esgotamento individual fora dos padrões normativos
5 Falta de definição do modelo jurídico institucional de prestação de serviço
6 Lançamento de efluente direto na drenagem de águas pluviais
7 Educação sanitária deficiente
8 Baixo nível sanitário na zona rural
9 Não dispõem de plano diretor de esgotamento
10 Falta definir quem vai regular o sistema
Cenário Atual – Corumbiara (Drenagem)
Item Situação Atual
1 Possui rede com micro drenagem na zona urbana;
2 Possui campanhas na área urbana para evitar o lançamento de esgotos na drenagem;
3 A sede do município está situada no divisor de águas;
4 Inexistência de planejamentos de drenagem (falta de plano diretor para drenagem)
5 Falta de manutenção dos dispositivos de drenagem;
6 Lançamento de águas residuais não autorizadas na rede de drenagem;
7 Falta um programa de recuperação e manutenção de matas ciliares;
8 Falta de uma política de conservação de solos;
9 Falta de uma política de proteção e recuperação de nascentes;
10 Falta de uma política de gestão de recursos hídricos por microbacias;
11 Desconexão entre micro e macro drenagem;
12 Falta de fiscalização dos canais de macrodrenagem natural;
13 Falta definir quem vai regular o sistema.
Cenário Atual – Corumbiara (Resíduos Sólidos)
Item Situação Atual
1 Destinação do lixo no ATS em Vilhena;
2 Equipe de limpeza cumpre com o roteiro de coleta;
3 RSS recolhido por empresa particular do município de Vilhena;
4 Não possui aterro sanitário no município para destinação final do lixo;
5 Falta de estrutura de manejo de embalagens de agrotóxicos;
6 Falta de cronograma de coleta;
7 Falta de infraestrutura para limpeza pública e coleta seletiva;
8 Falta de política pública para diminuição da produção de resíduos no município;
9 Falta associação de catadores;
10 Falta de PEV´s na zona urbana e rural;
11 Carência de pessoal técnico para a gestão adequada dos resíduos;
12 Falta de triagem e gestão adequada dos resíduos;
13 Falta de triagem e gestão inteligente de RS;
14 Resíduos de capinação, varrição, poda de arvores e entulhos destinados de forma inadequada;
15 Falta definir quem vai regular o sistema.